quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Brasil é lider mundial na produção de spam


Segundo o McAfee e Trend Labs, o Brasil é o líder mundial em envio de spams. Nem mesmo os EUA com seu grande número de usuários da Internet conseguiu liderar o ranking. A maior parte dessas mensagens indesejadas, oferecem remédios como o viagra.


 




Em uma lista divulgada pela divisão de segurança da Cisco nesta semana, o Brasil desbancou os EUA e apareceu como líder entre os países propagadores de spam (mensagens indesejadas de e-mail). O país foi responsável pelo envio de 7,7 trilhões de spams no ano encerrado em novembro, contra 6,6 trilhões dos EUA (no ranking anterior, os Estados Unidos somavam 8,3 trilhões).



O Brasil, no entanto, não é o único país que apresentou crescimento na quantidade de spams enviados. A Índia, que segundo a publicação produzia relativamente pouco spam em comparação ao tamanho de sua economia, foi responsável no ano concluído em novembro por 3,6 trilhões de mensagens. O número representa mais que o dobro do mesmo período do ano anterior, segundo a Cisco.