segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Análise literária sobre um poema de Décio Pignatari

(Décio Pignatari – 1968)

Neste poema, temos um exemplo de poesia semiótica, que revela um pouco mais de complexidade semântica, pois sua interpretação exige mais leitura visual das formas puramente gráficas. . Trata-se de um ideograma verbal, cuja distribuição aparece de forma amálgama, revelando a ligação entre as palavras “homem” e “woman”. Sugere a relação entre os dois seres, inserindo-se nesse contexto o ato sexual e a reprodução.