segunda-feira, 16 de março de 2009

Mal de brasileiro?

Que seja preconceito meu. O fato é que isto me desagrada, embora entenda que, às vezes, seja compreensível.

Você já participou de algum evento que começou no horário programado? Que proporção você teria em relação aqueles que começaram atrasados? Ínfima, não? Raras foram as vezes que participei de algum evento que tenha acontecido no horário certo. Parte deles começa com mais de meia hora de atraso. Já participei de eventos que começaram quase na hora que deveria terminar. Como é que é? Isso mesmo, eventos protocolados, aqueles que o subordinado não move um dedo sem a permissão da chefia... E a chefia não pode fazer nada porque aguarda a chegada da autoridade maior, etc. e tal. Alguns eventos, além de começar exageradamente, fora do horário, exprime, compromete toda a programação porque o conteúdo é enxugado e fica a impressão de que poderia e deveria ser melhor.

Confesso que sou meio impaciente, perfeccionista. Não gosto de esperar e não gosto de deixar esperando. Se eu marcar algo às 3 horas, sou capaz de estar lá mesmo com o relógio atrasado... O fato é que isso me incomoda muito. Penso que as pessoas tem que ter mais responsabilidade, a começar pelas tomadas de decisões, colocar em prática o que se prega na teoria. Teoricamente, somos um país maravilhoso, na prática não. E isso tem raízes profundas, está na essência do brasileiro, que culturalmente alimenta os costumes e os desenvolve sem perceber.

Procuro me adaptar às situações. Se uma reunião está marcada às 8 horas, chego às 8h e 30m. Pode ser que ainda dê tempo de bater um papo com algum conhecido. É o jeito que encontrei de não ficar esperando e depois ainda ter que ouvir as desculpas esfarrapadas do locutor ou coordenador.

Pow, todos sabem a hora do evento, a hora marcada para a solenidade, então por que raios se atrasam? Para dar a impressão de que são ocupados, tem a agenda cheia? Certo, e você, que fica 1 hora esperando não tem nada para fazer, é um desocupado? Na Suíça, chegar atrasado num evento sem avisar antecipadamente é um comportamento rude. Aqui no Brasil é coisa de gente VIP.