sábado, 28 de março de 2009

Pessoas apagam luzes por uma hora hoje

O aquecimento global é um dos assuntos mais em evidência entre ambientalistas e autoridades governamentais. Porém, nem todas as pessoas têm contribuído para combater este mal. Pensando nisso a Rede WWF (Fundo Mundial para a Natureza) realiza hoje em todo o mundo, mais uma edição de A Hora do Planeta.
.
Desta forma, hoje das 20h30 às 21h30 (horário de Brasília), empresas, instituições e famílias apagam as luzes simultaneamente, numa ação simbólica para que a sociedade se sensibilize sobre as atitudes a serem tomadas em favor do planeta.
.
No Brasil, a WWF também tem divulgado a Campanha e conforme relação no site da Rede (www.wwf.org.br), houve adesão até agora de 53 cidades no país. Entre as empresas em todo o país, são 344 participando, além de 272 organizações (instituições) e 33 setores ligados à mídia (blogs, revistas).
.
A Rede WWF afirma que este ano há um fator crucial para o futuro do planeta: a necessidade da assinatura de um acordo internacional entre os países com medidas para combater o aquecimento global. A intenção é que toda mobilização seja concentrada para que na 15ª Conferência das Partes da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas – evento marcado para dezembro, na Dimarca, seja firmado este compromisso.
.
Conforme a Rede, no Brasil, o desmatamento das florestas, pricipalmente na Amazônia e Cerrado é responsável por 75% das emissões de CO2, o principal causador do aquecimento global.
.
Como participar da Hora do Planeta?
Quem quiser participar da Campanha hoje, basta acessar o site da WWF (www.wwf.org.br) e se cadastrar como empresa, instituição ou pessoa física. Há kits de mobilização com orientação sobre a forma de contribuição na mobilização.

A Hora do Planeta surgiu em 2007 e foi criada pela WWF na Austrália, com a idéia de sensibilizar a população a tomarem uma atitude diante das mudanças climáticas. No ano passado, a mobilização atingiu 35 países, fazendo com que 50 milhões de pessoas de 371 cidades em todo o mundo apagassem as luzes por uma hora.

No primeiro ano da mobilização (2007), houve adesão de 2,2 milhões de pessoas e ainda assim a redução do consumo de energia foi superior ao esperado: 10,2%, enquanto o objetivo inicial era 5%.
Fonte: Folha de Boa Vista